Museu Nacional Vive

Menu de navegação

ApresentaçãoCompromissosGovernançaRelatório 2020/2021Linha do TempoNotíciasCronogramaGalerias de ImagensVídeosResgate de acervosBoletim HarpiaPerguntas FrequentesSala de imprensaFale ConoscoEventosExposiçõesEducativoDiálogosDoaçãoCooperaçãoPatrocíniosInstitucionaisPTEN

Eventos

10
Polo Cultural | #MuseuNacionalVive no Bicentenário Apresentações artísticas

11H às 16H

Quinta da Boa Vista

11h – Orquestra Sinfônica Brasileira
Fundada em 1940, a Orquestra Sinfônica Brasileira é considerada um dos conjuntos sinfônicos mais importantes do país. O Quarteto de Sopros formado por Alexis Ângulo (flauta), Jorge Postel (oboé), Marcio Costa (clarineta) e Felipe Destéfano (fagote) vai interpretar um programa composto por uma seleção de choros brasileiros, com arranjo de Jessé Sadoc, e “Quatuor”, de Heitor Villa-Lobos. A Orquestra tem o Instituto Cultural Vale como mantenedor e o Bradesco como um de seus patrocinadores.

13h – Cia. de Ballet Dalal Achcar
A companhia chega à Quinta da Boa Vista com 20 bailarinos performando seis coreografias clássicas e modernas, ao som de reconhecidas composições brasileiras. Emoção, afeto e a excelência dos bailarinos são a tônica desta apresentação. Músicas de Vinícius de Moraes, Baden Powell, Milton Nascimento, Fernando Brant, Jacob do Bandolim, Naná Vasconcelos, entre outros grandes nomes da nossa música estão no repertório. O pas de deux do ballet ‘Floresta Amazônica’, composta por Heitor Villa-Lobos, será dançado pela primeira bailarina do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Marcia Jaqueline, com o bailarino da Dalal, Matheus Benevides. A Cia. De Ballet Dalal Achcar tem o patrocínio do Instituto Cultural Vale.

15h – Unicirco Marcos Frota
A trupe que já anima os fins de semana de centenas de famílias na Quinta da Vista preparou uma apresentação especial, com números circenses que podem ser executados a céu aberto. Parceiro antigo e vizinho do Museu Nacional/UFRJ, o Instituto Unicirco Marcos Frota colabora com o desenvolvimento artístico e social da população carioca desde 1995. Atualmente, conta com patrocínio da Petrobrás, por meio da Lei do ICMS da Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro.

Saiba mais AQUI

PROJETO MUSEU NACIONAL VIVE